4 Flares Facebook 3 Twitter 1 Google+ 0 4 Flares ×

Ártico (Pólo Norte)

“O Ártico é um local de temperaturas baixas constantes que o mantém congelado durante quase todo o ano”

O Ártico é a região no Pólo Norte que se encontra dentro do Círculo Polar Ártico  (paralelo que limita o Pólo Norte do planeta) e abrange algumas localidades ao redor onde a temperatura no verão inferior a 10ºC. Fazem parte da região Ártica territórios da Rússia, Escandinávia, Alasca, Canadá, Groenlândiae o Oceano Ártico.

O primeiro navio a chegar ao Pólo Norte foi o quebra-gelo nuclear “Arktika” em 1977, mas, antes dele o primeiro explorador a chegar ao Pólo Norte foi Robert Edwin Peary e seu assistente Matthew Henson acompanhados de mais 5 esquimós em 1909.

O Ártico é um local de temperaturas baixas constantes que o mantém congelado durante quase todo o ano e podem chegar a -60ºC, o que também contribuiu para a baixa densidade demográfica do local. A população do Ártico se restringe às regiões mais ao norte dos continentes que o circundam, sendo que o Pólo Norte é inabitado. As principais cidades da região são Murmansk e Norilsk na Rússia com 325.100 e 135.000 habitantes respectivamente.

Os principais habitantes do Ártico são os esquimós  que ficam em regiões do Canadá, Sibéria, Alasca e Groenlândia. São famosos pelos seus trenós puxados por cães e por terem baixa estatura, olhos puxados e maçãs do rosto salientes. Estima-se que atualmente existam mais de 100 mil esquimós no Ártico.

Acredita-se que os esquimós siberianos sejam descendentes de tribos mongóis que teriam migrado para a região e se estabelecido por lá com seus cães por volta de 1.000 a.C. Os esquimós na verdade, distribuem-se em diversos grupos diferentes com dialetos característicos como os Inuit, Alutiit, Yuoik e Inupiat.

O chamado Pólo Norte (que faz parte da região Ártica) é uma enorme calota de gelo que permanece congelada durante todo o ano, podendo dobrar de tamanho no inverno. Às placas de gelo que se formam sobre o mar dá-se o nome de banquisas.

Na região Ártica encontramos a última faixa de floresta perene, a Taiga. Também conhecida como floresta de coníferas ou floresta boreal, ela pode ser encontrada em regiões do Canadá, Alasca, Groenlândia, Sibéria e outras regiões fora do Ártico, assim como a Tundra, que também é característica de climas frios.

Quanto a fauna, na região Ártica podem ser encontrados os ursos polares, a rena, o caribu, o boi almiscarado, a baleia, o leão marinho, o narval, e diversas espécies de peixes como o salmão e o bacalhau.

Contudo, não se deve confundir o Pólo Norte Magnético com o Pólo Norte Geográfico. O primeiro não tem uma posição fixa. Acredita-se inclusive que em algum momento da história o Pólo Norte tenha estado no hemisfério sul do planeta. Aliás, o Pólo Norte Magnético de que falamos, na verdade está mais próximo do Pólo Sul (e não no norte). O que acontece é que para facilitar a navegação, convencionou-se chamá-lo de Pólo Norte (mesmo que ele seja o sul) para que não houvesse confusão entre as coordenadas.

Esse fenômeno ocorre porque as correntes elétricas que fluem no núcleo metálico em estado de fusão no centro da terra gerariam o campo magnético do planeta (digo gerariam porque, na verdade, os fenômenos que criam o campo magnética ainda não são de todo conhecidos). A existência desse campo magnético, por sua vez, gera um fenômeno conhecido como aurora boreal que ocorre quando as partículas eletricamente carregadas, transportadas pelo vento solar, chocam a grande velocidade com os átomos e moléculas da atmosfera terrestre, provocando uma excitação dos átomos e moléculas que emitem um fotão luminoso quando se descarregam.

—–

[Fonte: InfoEscola]

4 Flares Facebook 3 Twitter 1 Google+ 0 4 Flares ×